Francis Rosa

FullSizeRender

Cantor e compositor de Joanópolis, Francis Rosa é um apaixonado pela Serra da Mantiqueira.
Dono de uma voz marcante, é acompanhado por músicos de garbo e elegância como Paulo Garcia (baixo e vocais), Jonas Barroso (violão e vocais), Rafael Henrique (cello), Gel Oliveira (percuteria) e Rafael Schimidt (violão e vocais).

Lança neste mês de julho o DVD com a participação mais que especial de Zé Geraldo. Vale conferir a música o Jeito desse meu lugar, que está disponível na internet. Bora conferir nossa prosa!

Entrevista Francis Rosa

1- Compor não é tão simples como parece. Qual é a principal dificuldade de um compositor?
Eu acho que a composição é meio que um enigma. Pra mim, geralmente a música já vem pronta, com letras e arranjos. Eu não penso apenas na linha vocálica, não penso só na melodia, mas penso nos instrumentos que estarão envolvidos. Consigo construir música como um todo, quando a inspiração vem, ela já vem pronta. Eu acho que a maior dificuldade para um compositor é dar o sentido que ele quer para a canção. Fácil você se propor a escrever uma música sobre amor e forçadamente você faz, mas existe a possibilidade de não ficar legal. Agora, quando a inspiração vem e você já sabe o que vai falar, aí as coisas fluem naturalmente. Você estar no momento certo, na hora certa pra música chegar e soltar a canção como ela deve ser.
2- Um ícone musical que te inspira?

Tenho uma lista dos 15 artistas que mais me influencia. Entre eles estão: Almir Sater, Pearl Jam, Neil Young, Zé Geraldo, Renato Teixeira, REM, etc. Tem alguns nomes que não posso deixar de citar como Tuia, Silvio Garcia, Rafael Schimidt, pessoas que mostram que fazer música é importante.
3- Jeito desse meu lugar é o mais novo disco. Ele é todo autoral ou tem parcerias?

Jeito desse meu lugar foi escrito para coroar uma parceria minha com Hamilton Micca Griecco. Fiz algumas musicas para gravar com o Hamilton, um grande ídolo meu. A canção que dá nome ao disco é uma parceria minha com Paulo Garcia. Tem também uma canção do Rui Ventura, compositor português, a música Tempo negro e uma parceria com Rafael Schimidt, Deixa o céu nos embalar. As outras canções são todas autorais.
4- Folk, rock rural … Essas sempre foram as vertentes que fizeram você se interessar por música?
Não tenho muita restrição em relação a gêneros musicais. O mais importante numa canção é que ela me emocione. Embora folk e rock rural sejam influências diretas, como Bob Dylan, Cat Stevens, Neil Young …eu gosto muito de chamamé, rock e rock nacional.
5- Neste mês (julho) você lança seu DVD com a ilustre participação do Zé Geraldo. O que temos nessa junção?
É a junção de dois artistas que olham para o mesmo lado. Zé Geraldo sempre foi um ídolo, vê-lo hoje no palco comigo, cantando minhas musicas é uma emoção indescritível. Um dvd carregado de música que tem como principal objetivo acertar o coração das pessoas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s